Menu

A PÁSCOA PERFEITA

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on facebook
Share on email

Cristo, nossa Páscoa, foi sacrificado por nós. 1 Coríntios 5.7

Atraia a atenção dos alunos para o assunto, mostrando o primeiro visual.
Faça perguntas: O que esta imagem representa? Sim, o mundo! Mas não o mundo que conhecemos, mas um mundo lindo e perfeito, que Deusa criou com muito carinho, cheio de rios com águas limpinhas, flores de milhares de formas, cores e cheiros e animais de todas as qualidades.

Nesse mundo perfeito o Senhor colocou o homem e a mulher. Eles todos os dias passeavam pelo jardim onde moravam e conversavam com Deus e podiam fazer o que quisessem, mas o Senhor falou: Vocês podem comer de todas as árvores que têm no jardim, mas não devem comer da árvore do conhecimento do bem e do mal. No dia que comerem dela, morrerão. Gn 2.16-17 .

Acontece que eles não obedeceram e comeram do fruto da árvore. E naquele momento perceberam que estavam sem roupa! Fizeram umas roupas de folhas e se esconderam de Deus, mas o Senhor logo viu que eles tinham *pecado e foi conversar com eles (Gn 3.9-21).

Pecado: Tudo aquilo que pensamos, falamos, vemos e fazemos que não agrada a Deus

Deus fez roupas de peles para eles e os tirou do jardim. Assim, o homem se afastou de Deus por causa do seu pecado. Que triste!

E de onde será que Deus fez a roupa para o homem e a mulher? Um animalzinho teve que morrer para que eles não sentissem mais vergonha por estarem sem roupa. Tadinho…

O homem e a mulher foram morar fora do jardim e povoaram aquele mundo lindo que Deus tinha feito. Umas pessoas obedeciam e amavam a Deus, outras não queriam nem saber e começaram a fazer tudo o que Deus detesta: brigar, matar, mentir… O pecado faz as pessoas agir de maneira muito errada, sabem? Assim, as pessoas que eram do povo de Deus acabaram sendo escravos de homens maus. Eles sofriam bastante e começaram a pedir Deus que os libertasse daquela situação.

 O Senhor ouviu a oração do povo e enviou Moisés para libertá-los da escravidão do Egito. Não foi fácil, Deus teve que mostrar seu poder muitas vezes, logo antes de saírem do Egito, cada família matou um cordeirinho e colocou o sangue dele envolta das portas das casas para que Deus os livrasse da morte e do mal que viria sobre o Egito.

No fim o povo pode ir embora e deixar o sofrimento e a escravidão para trás. Esse dia foi chamado de Páscoa, que quer dizer passagem.

Deus não gosta que a gente sofra, mas o pecado faz a gente sofrer como o povo que estava escravo: ficamos tristes, aborrecidos e não vemos graça em nada.

O pecado é como uma corrente, que não deixa a gente fazer o que é certo, mas só o que é errado e entristece a Deus.

O povo foi libertado do Egito e a partir daquele dia passou a celebrar a Páscoa todos os anos. Cada família matava um cordeirinho e fazia um jantar muito especial, para lembrar que o Senhor os tinha livrado da escravidão.

Mas sabem de uma coisa? A morte do cordeirinho servia para lembrar da escravidão e também para mostrar a Deus o desejo de pedir perdão pelos pecados, mas não limpava o coração de todo mal.

Por isso Deus, que fez o mundo de maneira tão linda e o amou tanto, desejou que o homem tivesse novamente amizade com Ele, como era lá no início, antes do pecado. Assim, da mesma maneira que um animalzinho morreu para Deus fazer roupas para o homem e a mulher quando pecaram e um cordeirinho serviu para celebrar a primeira Páscoa, Jesus se entregou como um cordeiro e derramou o Seu sangue, que nos limpou do pecado (João.1.29; Mt 26.28).

Jesus passou a ser a nossa Páscoa! Ele se entregou, morreu numa cruz mas, o melhor de tudo, Ele não ficou morto! No terceiro dia Ele ressuscitou!   Jesus tornou a viver depois de 3 dias. Ele venceu a morte e agora o pecado não tem mais poder sobre nós
(1 Co 15.17-22, 51-57)
Mas para que a gente não seja mais escravo do pecado, precisamos abrir o coração para Jesus entrar e morar nele. Quem tem Jesus no coração tem motivo para festejar a Páscoa todos os dias! Ele é a nossa alegria! Melhor que coelhinhos e ovos de chocolate, não acham?

Instruímos a não utlizar chocolate nas lembrancinhas , laços nas ovelhas ou qualquer adereço que não seja pertinente a narração Bíblica.

Eles não são do mundo, como eu também não sou.
Santifica-os na verdade; a tua palavra é a verdade.

João 17:16,17

Publicações Relacionadas

Artigos Kids
Profa. Catia Persan

O Servo da orelha furada

Série de artigos sobre Mordomia Cristã Então tomarás uma sovela, e lhe furarás a orelha contra a porta, e ele será teu servo para sempre;

Leia mais

Outras Publicações

7 a 8 anos - Aprender e Crescer
Renata Souto

Aprender e Crescer: Cristo nossa Páscoa

Profa.: Renata SoutoIgreja: ADVEC SedeTurma: 9 até 11 anosTema: Aula de PáscoaTexto Bíblico: Êxodo 12.21-28; João 11.25 e 26Texto-áureo: “Porque Cristo nossa Páscoa, já foi

Leia mais
4 a 6 anos - Primeiros Passos
Teresa Souza

Primeiros Passos: A Celebração da Páscoa

Profa.: Teresa Cristina de SouzaIgreja: ADVEC SEDE-RJ Turma: 4 até 6 anosTema: A celebração da PáscoaTextos Bíblicos: Êxodo 6.5 -7Texto-áureo: Pv.11.8 1) Preparo:– Recursos utilizados:

Leia mais