Menu

Instruções para professores

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on facebook
Share on email

Conscientização sobre Carnaval

O carnaval se aproxima, e já é possível notar uma grande movimentação por causa disso, mas alguém saberia responder como o carnaval surgiu?

Se voltarmos muito tempo na história, veremos que muitos elementos foram herdados de celebrações de diferentes povos, destacando os mesopotâmicos, os gregos e os romanos, que vocês ouvirão muito falar nas aulas de História na escola e também nas lições da Bíblia. A ideia que marcava o Carnaval da mesopotâmia era a do “mundo de cabeça para baixo”, isto é, um mundo em que a ordem das coisas era invertida temporariamente. Isso já não parece uma coisa muito boa, mas os gregos e os romanos realizavam suas festas em homenagem ao deus Dioníso (Baco, para os romanos), cuja adoração envolvia muito vinho, bebedeira e prazeres carnais.

Daí já dá para entendermos que o carnaval não surgiu de uma brincadeira boba e inocente, mas do desejo das pessoas de fazerem coisas que não eram aceitas normalmente. Era como se escolhessem alguns dias para “liberar geral”, fazendo todas as vontades que desse na cabeça, sem vergonha ou medo nenhum.

Esses costumes mudaram um pouco com os anos, mas o objetivo sempre se mante, ou seja, dar liberdade aos desejos mais loucos.

O Carnaval foi trazido para o Brasil pelos colonizadores portugueses e tinha como característica o entrudo, uma brincadeira de muito mal gosto onde as pessoas podiam, num período de três dias,  colocar em prática tudo o que tinham vontade de fazer. Era comum as pessoas jogarem líquidos malcheirosos umas nas outras como água suja, lama e urina. Acontecia também de haver xingamentos e comportamentos imorais. Geralmente usavam máscaras, para não serem reconhecidas.

Com o tempo a brincadeira mudou um pouco e a igreja católica inventou que, para comemorar a Páscoa, as pessoas deveriam ficar quarenta dias sem comer carne e sem usar bebidas fortes, como se fosse um período de purificação. Passaram a contar 40 dias antes da Páscoa para fazer uma grande festa, com muita carne e bebidas. Neste dia podiam abusar, já que ficariam 40 dias “mantendo a linha”. Diziam que neste dia a Carne Valia, ou seja, o “Carne Vale”. Daí a palavra Carnaval.

O Brasil é o país onde essa festa teve mais aceitação e com o tempo passou a se orgulhar muito disso, tanto que passou a ser conhecido no mundo todo como o país do Carnaval, o país em que se pode fazer tudo da carne.

– Vocês sabem então dizer por que tanta gente curte o carnaval?

O pecado leva as pessoas a desejarem satisfazer os desejos da carne.

Agora, vamos ver o que a Bíblia diz sobre as obras carne (leia com os alunos o texto Bíblico de Gálatas 5.16-21).

Por causa do pecado, esta é uma festa muito marcada pela imoralidade sexual, pela bebedeira e consequentemente pelas brigas, as impurezas e ações indecentes, como diz a Bíblia. As pessoas vivem numa falsa alegria, com o uso de drogas, de álcool e de música, mas quando a festa acaba, a situação volta a ser como antes e talvez ainda pior, porque o pecado, assim como essa máscara, só escode a tristeza, a dor, o medo. Por isso o sangue de Jesus é tão importante, pois ele limpa todo o pecado, toda a dor, todo o medo, toda a tristeza.

Entre com Plano da Salvação  

Analogia com árvores e seus frutos :

Vejam só essa fruta. (Mostre a fruta inteira e cortada aos alunos e pergunte sobre as características dela) Qual a cor da casca? É fininha ou grossa? O cheiro é doce ou cítrico (aquele que provoca água na boca)? Como é por dentro? Tem uma cor só? É mais macia ou dura? Aguada ou sequinha? Tem várias sementes ou um caroço? Será que não tem nada? (abacaxi, banana, algumas qualidades de uva não têm sementes). Essa fruta é de que tamanho? São várias frutas numa haste ou uma só?

Perceberam como essa fruta (dê o nome) têm qualidades que são só dela? 

Vamos ver o que nosso texto áureo de hoje nos ensina: Porque é pela qualidade do fruto que sabemos se uma árvore é boa ou não presta.  Mateus 12.33b

Quer dizer que se essa (nome da fruta) for ruim a culpa é dela ou da árvore que a produziu? É da árvore? Então vamos ler outro texto da Bíblia! Salmos 1.1-3

Que coisa séria a Bíblia nos ensina! 

Depois disso tudo o que aprendemos, respondam sinceramente:

– O cristão deve participar da festa de carnaval?

Simplesmente não dá, porque como o próprio nome diz, a festa é da carne e nela tem tudo o que o Espírito de Deus detesta. Quem ama a Deus, faz as coisas que agradam a Deus, portanto, não quer saber de obedecer o que a natureza humana e carnal, até porque, essa atitude não dará bons frutos mesmo, querem conferir?

Leiam:

– Romanos 8.6-8

– Romanos 8.13-14

– Gálatas 6.7-8

– João 6.63

Precisamos orar e nos esforçar para que o Espírito Santo nos ajude a fazer somente o que agrada a Deus e a produzir as qualidades do fruto do Espírito.  Falando em se esforçar… A atividade de hoje é muito especial!

HORA DE APLICAR

ATIVIDADES E VIVÊNCIAS: É muito importante ressaltar que o cristão pode se divertir sem desagradar a Deus. A sugestão para turma é o piquenique e nele a dinâmica: Coloque sobre cada prato de alimento uma característica do fruto do Espírito. Cada criança deve escolher o que vai comer primeiro e, antes de pegar o alimento, deve falar uma maneira prática de exercer a qualidade do fruto do Espírito que está sobre o alimento, exemplos:

AMOR: eu exercito o amor quando ajudo meus pais nas tarefas de casa.

PAZ: eu pratico a paz quando ajudo meus amigos a fazerem as pazes.

FIDELIDADE: eu tenho essa característica porque prefiro agradar a Deus em vez de ver coisas erradas na internet.

Depois dessa dinâmica, enquanto ainda lancham, converse com os alunos sobre qual característica do Espírito eles mais têm dificuldade para praticar. É importante não julgar ou criticar, mas incentivar a melhorarem a cada dia.

HORA DE DAR TCHAU

ORAÇÃO FINAL: Ore com seus alunos para que o Espírito santo os ajude a praticar as qualidades de quem ama a Deus e é controlado pelo Espírito.

Subsídios

É importante dar aos seus alunos informações completas e que o façam compreender sobre outros contextos bíblicos. Por exemplo, a mesopotâmia é uma região muito importante no mundo bíblico, pois é onde se desenvolve a história do povo hebreu.

Se tiver oportunidade, mostre mapas e contextualize.

Veja os links:

Recursos visuais :

Publicações Relacionadas

Outras Publicações

Berçário
Clara Denise

Berçário: Jesus é nosso pastor

Profa.: Clara DeniseIgreja: ADVEC Sede RJTurma: 0 até 02 anosTema: Páscoa Objetivo: Estimular com a musicalização a introdução do conceitoverdadeiro da Páscoa. Louvores utilizados: https://www.youtube.com/watch?v=f0K92JNlgVQhttps://www.youtube.com/watch?v=gZXManvOUL8https://www.youtube.com/watch?v=dV2kQ8PVkYUhttps://www.youtube.com/watch?v=wc7SDc_FMyM

Leia mais
9 a 11 anos - Mais que Vencedores
Rayane Medrado

Obedecer é a melhor opção!!

TEXTO AUREO : “Samuel respondeu: —O que é que o SENHOR Deus prefere? Obediência ou oferta de sacrifícios? É melhor obedecer a Deus do que

Leia mais